Como é fácil perder a alma


Jesus perguntou, depois de contar uma parábola sobre fixação em prazer, dinheiro, conforto: De que adianta ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma? Para Jesus, quem deseja ganhar o mundo fica desalmado, sem alma. Perder a alma não é ir para o inferno, somente. É perder a graça de viver, viver infeliz, sem sensibilidade, sem ternura, sem gratidão. Perder a alma é perder a conectividade entre o corpo e o espírito. Qualquer um que quiser ganhar o mundo, vegeta, vira ímpio, vira uma besta fera humana. Quantos cantores perderam a alma no processo de virar ídolo? Quantos empresários ficaram desalmados na roda-viva da ciranda financeira? Quantos pastores perderam a alma querendo ganhar o mundo... para Cristo! Jesus nunca mandou ganhar o mundo para Ele. Mandou que a a gente pregasse o Evangelho em todo o mundo – somente! Pregar não é conquistar. Quantos pastores sem misericórdia, sem pena, sem piedade, sem graça, sem amor pelas vidas. A igreja romana perdeu a alma quando, querendo ganhar o mundo a partir de Roma, instituiu as Cruzadas, a Inquisição, a venda de indulgência, a adoração a imagens de escultura. Confesso que também fui tentado a ganhar o mundo e ficar desalmado. Quase perdi a minha alma. O diabo também me levou para o alto do monte e me fez fascinantes propostas. Mas, felizmente, pela Graça do Senhor, rejeitei as propostas para virar ídolo evangélico, para ficar rico com o dinheiro de igreja, para transformar a igreja do Senhor em curral eleitoral, para virar papa evangélico. Não quero mais ganhar o mundo, como Michael Jackson, Mike Tyson, Saul, Judas Iscariotes, muitos papas, muitos bispos, a maioria dos políticos, quase todos os artistas quiseram ou ainda querem muito. O preço de apenas querer ganhar o mundo é muito alto. Não vale a pena. Uma parte dos que fazem sucesso venderam a alma ao diabo. Todo o resto, nem alma tem mais para dar, trocar ou vender. Perderam-na quando ficaram obcecados em ganhar o mundão.

Nenhum comentário:

Receba mensagens desse blog no seu E-mail