Jesus nunca disse


Jesus nunca disse que riqueza é sinal de bênção e que ser pobre é estar amaldiçoado.

Jesus nunca disse que existe céu, inferno e purgatório. Nunca falou, tampouco, em reencarnação, lei do carma, morreu acabou...
Jesus nunca disse que seus ministros deveriam enriquecer no ministério.

Jesus nunca disse que seus ministros tinha o direito de abusar da crendice e da ignorância de um povo.

Jesus nunca disse que sua Igreja seria mais uma religião.

Jesus nunca disse que o maior entre os seus era o “que falasse em línguas”, “profetizasse” ou “fizesse mungangas mil”. Parece que ele falou sobre a supremacia do amor sobre a performance, sobre a teatralidade, sobre o exibicionismo, não foi?

Jesus nunca não disse que sua Casa seria transformada Casa de Shows e seus servos seriam astros e estrelas gospel.

Jesus nunca disse que seus ministros deveriam fazer voto obrigatório de celibato.

Jesus nunca disse que a Igreja deveria venerar ou adorar vultos, símbolos ou imagens religiosas.

Jesus nunca disse que ficar ser pobre é maldição.

Jesus nunca disse que sua mãe é a Raínha do Céu.

Jesus nunca disse que a gente especulasse o dia e a hora de sua Volta e do fim dos tempos.

Jesus nunca disse que pela roupa a gente conhece a essência das pessoas.

Jesus nunca disse que o tamanho da oferta dimensiona nossa fé.

Jesus nunca disse que fariseu entra no Céu.

Jesus nunca disse que toda religião é boa.

Jesus nunca disse para a gente imitar os crentes. Disse para a gente ser crente!

Nenhum comentário:

Receba mensagens desse blog no seu E-mail