Pensaram que eu tinha morrido


No último dia 14 de agosto comecei a receber telefonemas logo cedo, de manhã. A tônica era uma só: - graças a Deus, o senhor está vivo!” – Sendo assim, dou a graças a Deus também, querido! – Pastor, disseram que o senhor tinha morrido num acidente! Que susto, pastor! - Tô vivo, irmão, e de noite, se Deus quiser, a gente tá junto no templo dando glória a Deus! Foram muitos telefonemas. Uma irmã, ao saber que nada de mau havia acontecido, disse que ia orar por mim, num circulo de oração, pois ouviu gente “feliz” com minha partida precoce (na verdade, quem faleceu foi um geraldo, 74 anos, que trabalhou na mesma empresa em que trabalho. Eu chamava ele de Seu Geraldo, gente da melhor qualidade). Sinto muito decepcionar meus dês-afetos. Acho que quero viver mais 70 anos, para ver os filhos de meus filhos e morrer feito Jó, velho e farto de dias. Meus inimigos são engraçados. Eles dizem que são “cristãos”, que são “crentes”, que são “cheios do Espírito”. Mas, se alegraram com uma má notícia sobre mim. Agora, eu me alegro com porque eles dançaram. Quem ri por último ri melhor. Tô dando gargalhadas melhor. Mas, houve muita gente boa que ficou chocada. Obrigado, queridos, de coração, pelo carinho que sentem por mim. Peço ao Senhor que a gente viva muitos anos juntos e, depois, a gente passe tooooooda eternidade juntos com Cristo, em Deus. Graças a Deus, estou vivo! E pretendo morrer com 137 anos. Se depender de mim, morro velhinho, de bem com a vida e farto de dias. Quanto a morte, estou em paz com ela. Estou pronto. Minha casa este em ordem. Minha vida está nas mãos de Meu Aba. Estou vivo por causa Dele. E, quando partir, minha alma será dele – como hoje é! Espalharam que eu tinha morrido. Meus inimigos se congratularam. Meus amigos lamentaram. E eu me alegrei no Deus da minha Salvação - pois sei que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados pelo seu decreto. Essa conversa toda me deu uma vontade tremanda de viver... estou mais vivo do que nunca!

Nenhum comentário:

Receba mensagens desse blog no seu E-mail